Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2020. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Ciep | 12 de junho de 2017
Competências Tecnológicas
5 Competências Tecnológicas que Serão Necessárias no Futuro
Copiar link
Competências Tecnológicas

Os candidatos a diferentes vagas sabem que, nos processos seletivos, existem competências de Informática que todos os gestores desejam. Saber, por exemplo, como se pode fazer slides e também como lidar com o Word é fundamental, além de existir o Excel em diferentes requisitos. Todavia, essas habilidades estão tão comuns que se pode compará-las até à alfabetização e, sendo assim, os recrutadores têm novas competências tecnológicas que os trabalhadores precisarão apresentar no futuro.

1) Sabendo dos dispositivos móveis

As corporações estão investindo cada vez mais nos dispositivos móveis. A razão é que as novas gerações costumam adquirir muito mais pelos aplicativos e os mais velhos estão habituando-se a fazer as compras usando o smartphone.

Com essa dominação que os smartphones e os seus recursos estão promovendo, a maioria dos trabalhadores necessitará, no futuro, entender dessas plataformas. É claro que não será exigência que todos os profissionais consigam consertar um aplicativo, mas conectar-se e também incluí-los em seus trabalhos será indispensável.

2) Proficiência em usar a nuvem

Por causa de todas as plataformas digitais que as empresas começaram a incorporar, a segurança virtual também precisa ser potencializada. Além dos profissionais que criam essa cibersegurança, os colaboradores comuns deverão conhecer o armazenamento na nuvem e todos os seus recursos.

3) Programação

Diversos profissionais não sabem o que a programação significa e muitos entendem que isso é somente da Tecnologia da Informação. Porém, no futuro, esse também será um conhecimento que a maioria dos profissionais admitidos precisará ter. É por intermédio da programação que os computadores e aplicativos são feitos.

Não será solicitado que esses trabalhadores saibam fazer um software; programar continuará ser uma das atribuições dos que estão na Tecnologia da Informação. No entanto, será esperado que os colaboradores que estiverem em todos os setores consigam compreender o que se escreve nessa programação.

4) Fontes para a vida virtual

Os trabalhadores da Tecnologia da Informação costumam conhecer essas fontes para a vida virtual. Afinal, o que está na rede mundial de computadores é o meio que esses profissionais usam para as suas funções. Contudo, saber quais são os locais onde alguma assistência virtual é obtida ou onde os programas podem ser conseguidos será requisito para que quaisquer trabalhadores estejam nas diferentes empresas. Será apreciado que, nessa fonte para a vida virtual, conheçam-se as ferramentas para que dispositivos da corporação sejam conservados, como os antivírus.

5) Dados virtuais para que os colaboradores interpretem

Da mesma maneira que saber o que é elementar para a programação, será fundamental entender o que é relacionado à análise de dados (big data), será mais uma competência para os trabalhadores no futuro.

Fonte: Canal de Ensino

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger