Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2020. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Ciep | 05 de abril de 2018
Resolução autoriza residência para estudantes estrangeiros no Brasil
O estudante deve comprovar participação em programa de intercâmbio profissional. Solicitação será feita junto ao Ministério do Trabalho.
Copiar link
Resolução autoriza residência para estudantes estrangeiros no Brasil

O Ministério do Trabalho publicou uma resolução, no dia 03/04/2018, em que garante a estudantes estrangeiros autorização de residência para estagiar e trabalhar no Brasil.

De acordo com o documento, o estudante não precisa apresentar vínculo empregatício no País. No entanto, é necessário que faça parte de um programa de intercâmbio profissional com empresa que tenha sede no Brasil.

Segundo o ministro interino do Trabalho, Helton Yomura, o esforço do Governo do Brasil é para “estimular a troca de experiências globalizadas e reforçar amizades entre nações por meio da educação, cultura e qualificação profissional”.

O interessado em trabalhar no Brasil precisa participar de programa de intercâmbio profissional com entidade empregadora estabelecida no País.

Como solicitar a autorização?

O imigrante deve apresentar comprovante de matrícula em curso de graduação, pós-graduação ou certificado de conclusão inferior a um ano. Também é necessário apresentar contrato de trabalho temporário a tempo parcial ou integral ou bolsa de estágio profissional.

E para trabalhar no Brasil durante as férias?

O estudante estrangeiro que pretende aproveitar as férias letivas de seu país de origem para trabalhar no Brasil pode solicitar a autorização de residência prévia por até 90 dias, mediante a apresentação de comprovante de matrícula em curso de graduação e pós-graduação e do contrato de trabalho celebrado pela empresa.

Fonte/Link: Portal Brasil com informações do Ministério do Trabalho

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger