Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2020. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Ciep | 06 de dezembro de 2018
Bolsas para graduação no Canadá
Para estudos na Universidade da Colúmbia Britânica. Inscrições até 15/01/2019.
Copiar link
Bolsas para graduação no Canadá

Para concorrer, basta aplicar em um dos cursos de graduação oferecidos pela universidade até o dia 15 de janeiro. A instituição possui um campus em Vancouver, cidade mais populosa da província de Colúmbia Britânica, e outro em Kelowna, na região de Okanagan.

O International Major Entrance Scholarship (IMES) oferece bolsas de estudo que podem ser renovadas durante os quatro anos da graduação e que pagam um total de até 40 mil dólares canadenses (até 10 mil dólares canadenses por ano). Os pré-requisitos para se candidatar ao IMES são ingressar em um curso da universidade diretamente do ensino superior, possuir um visto de estudante (e não de outro tipo) para estar no Canadá, ter um bom histórico escolar e participar de atividades extracurriculares e da comunidade.

O Outstanding Internacional Student Award (OIS) é um programa que dá bolsas de reconhecimento de mérito para quem está entrando na universidade. Se trata, portanto, de um “prêmio” concedido a estudantes considerados “excepcionais” quando estes estão ingressando na universidade. São levados em conta na seleção as notas e o perfil do candidato. O valor da bolsa varia entre 2,5 mil e 10 mil dólares canadenses. Entre os pré-requisitos do programa, estão os dois primeiros que já citamos para o IMES, além de um excelente histórico escolar e de um forte envolvimento em atividades extracurriculares.

Para se candidatar às bolsas para fazer graduação no Canadá, basta se inscrever como estudante internacional em um dos cursos de graduação oferecidos pela universidade até o dia 15 de janeiro de 2019. Além disso, quem aplica está automaticamente concorrendo tanto no IMES quanto no OIS, ou seja, não precisa escolher entre um ou outro na hora da inscrição. Dependendo do caso, existe até a possibilidade de o estudante ser beneficiado com as duas bolsas, recebendo o prêmio do OIS no primeiro ano e as parcelas do IMES ao longo dos quatro anos de curso.

Os candidatos selecionados serão notificados por e-mail entre fevereiro e meados de abril de 2019. Lembrando que o ano acadêmico canadense começa em setembro.

Para candidatar-se às bolsas para graduação no Canadá, precisa se inscrever no site da universidade – que é cheio de dicas e tutoriais (tem um blog inteirinho só para orientar quem está aplicando!), além de ser bem inteligente. Na página sobre os pré-requisitos para estudantes internacionais, ele reconhece o país de onde vem o acesso e já dá automaticamente as informações específicas para estudantes daquele lugar. No caso do Brasil, é necessário: Certificado do Ensino Médio, que deve ser oficial ou emitido pela escola (não vale autenticado) e enviado em um envelope lacrado da instituição; Resultado de uma das seguintes provas: ENEM, Vestibular, SAT (é o teste de aptidão escolar dos EUA, utilizado no processo para ingressar em algumas universidades daquele país); Média final de aceitação (que varia de acordo com o programa escolhido), calculada com base no histórico do Ensino Médio e no resultado da prova final (ENEM, Vestibular ou SAT); Requisitos específicos dos curso: alguns cursos possuem requisitos específicos. Por exemplo, para ingressar na Engenharia, o estudante precisa de um determinado nível de matemática, já para Belas Artes pode ser necessário o envio de materiais ou teste. Alguns cursos não têm requisitos específicos.

Inscrições, clique aqui ou aqui

Confira mais informações sobre os programas.

Fonte: Partiu Intercâmbio

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger