Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
(51) 989.590.959


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2019. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Crédito Educacional | 25 de fevereiro de 2019
Crédito educacional beneficia estudantes brasileiros
Modelos administrados pela Fundacred já impactaram a vida de mais de 90 mil estudantes.
Copiar link
Crédito educacional beneficia estudantes brasileiros

O crédito educacional revolucionou o acesso às universidades privadas no Brasil. A partir da década de 70, a Fundacred passou a incentivar e ampliar a oferta nessas instituições, democratizando o ingresso ao ensino superior. Com isso, o crédito educacional possibilitou, principalmente entre os estudantes com condições financeiras mais restritas, a oportunidade de cursar uma faculdade particular.

Os modelos de crédito administrados pela Fundação têm ajudado a transformar a sociedade brasileira, impactando diretamente a vida de mais de 90 mil estudantes. Com a redução de parte da mensalidade, seja no ensino médio, técnico, graduação, pós-graduação, ensino a distância, entre outros, os resultados obtidos são: profissionais mais qualificados, melhores chances de emprego e impactos diretos no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) nacional.

De acordo com o levantamento do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), divulgado em 2017, há 296 instituições públicas de ensino superior e 2.111 privadas no Brasil. Por este motivo, as facilidades de crédito educacional oferecidas pela Fundacred se mostram como a melhor alternativa para quem almeja realizar a sua graduação, mas não tem condições de arcar com a mensalidade integral. Com o CredIES, um dos principais créditos da Fundacred, por exemplo, é possível pagar uma parte da mensalidade durante o curso  e quitar o resto do valor após a graduação, tendo o dobro do tempo para pagar e sendo cobrada do aluno apenas uma taxa administrativa. Além disso, o modelo de retroalimentação da Fundação permite que o valor pago sirva para viabilizar o crédito de outro estudante.

O crédito educacional beneficiou estudantes brasileiros a ingressarem nas instituições de ensino privadas, como evidencia o Censo de Educação Superior, divulgado no ano de 2017. O relatório mostra que, apesar da crise econômica, o número de ingressos continua estável nas instituições privadas. Em 2016, quase 3 milhões de alunos se tornaram novos estudantes do ensino superior, sendo que 82,3% estavam inscritos na rede particular. A rede teve um crescimento de 2,9% em número de novos alunos, enquanto as públicas tiveram uma queda de 0,9%.

A Fundacred, Fundação sem fins lucrativos que hoje administra crédito educacional em todo o País, reforça o seu propósito, alinhado com a transformação por meio da educação, com a viabilidade de mais de 400 mil contratos já celebrados, ultrapassando valores de R$ 2 bilhões. Sua operação está estruturada sobre um modelo colaborativo, em que instituições de ensino e estudantes participam. O CredIES possui a menor taxa de crédito educacional do País, o principal feito é conectar ofertas ociosas de matrículas a pessoas que desejam estudar e empresas que buscam qualificação profissional.

Por: Assessoria de Imprensa

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger