Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
(51) 989.590.959


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2019. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Educação | 06 de setembro de 2019
Em dois anos, o número de nutricionistas mais do que dobrou no Brasil
Copiar link
Em dois anos, o número de nutricionistas mais do que dobrou no Brasil

Com a valorização da alimentação na manutenção da saúde, o papel do nutricionista, na última década, obteve um grande destaque.

Hoje – e sobretudo com a popularização do conhecimento por meio das mídias sociais, a figura do nutricionista ganhou reconhecimento científico e técnico.

Mas não foi sempre assim. Essa profissão, que surgiu na década de 1940, foi regulamentada como de nível superior só em 1976. O Dia do Nutricionista, que é celebrado em 31 de agosto, surgiu como marco da criação da Associação Brasileira de Nutrição (Asbran).

O nutricionista promove hábitos e estilos de vida saudáveis, buscando o equilíbrio nutricional e hormonal. De acordo com o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), em 2009 o número de nutricionistas era de 60.559 mil.

Em 2017, esse número passou para mais de 126 mil profissionais – sendo que 94,1% são formados por mulheres.

“Cada vez mais a população busca por melhor qualidade de vida, e o nutricionista tem um papel fundamental para manter o bem-estar e a prevenção de futuras doenças, celebra o nutricionista e educador físico, Marcelo Carvalho.

Especialização

Pesquisas feitas pelo CFN mostram que mais da metade dos profissionais continuaram sua educação após a graduação – por meio de uma especialização, um mestrado ou doutorado, principalmente na área clínica. Percebe-se que a expansão no número de cursos de graduação em Nutrição proporcionou maior concentração de nutricionistas professores em instituições de ensino superior e abriu outros campos para os nutricionistas, tais como:

Nutrição em Alimentação Coletiva – Cabe ao profissional organizar e supervisionar a alimentação de todos dentro de empresas, hotéis, bufê de eventos, hospitais e instituições – privadas ou públicas.

Nutrição Clínica – Introduzida em hospitais, clínicas em geral, dentro de ambulatórios, consultórios, lactários ou centros de terapia nutricional. É focada em prevenir ou tratar doenças como, por exemplo, controle do diabetes em gestantes.

Nutrição em Esporte e Exercício Físico – O profissional tem interesse pelo acompanhamento do atleta e promove uma dieta balanceada aos objetivos dele. Esse mercado no Brasil não para de crescer, muitas pessoas inclusive fazem uso de suplementos alimentares que contribuem no rendimento dos exercícios.

Nutrição em Saúde Coletiva – Destina-se aos cuidados da população, atende a recuperação e manutenção da saúde associada a programas como Sistema Único de Saúde (SUS), restaurantes populares, Bolsa Família, vigilância em saúde e assistência nutricional.

Nutrição na Cadeia de Produção, na Indústria e no Comércio de Alimentos – Atua na produção de alimentos, na extensão rural ou indústria, controle de qualidade, trabalhos experimentais em nutrição e distribuição de alimentos para o consumidor.

Fonte: O Sul

Copiar link Comentários ()
Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger