Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2021. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Educação | 05 de março de 2020
Feevale é a primeira universidade do Brasil a desenvolver veículo elétrico híbrido para área rural
Copiar link
Feevale é a primeira universidade do Brasil a desenvolver veículo elétrico híbrido para área rural

A autonomia energética de propriedades distantes de centros urbanos, como grandes fazendas, é a preocupação de um projeto desenvolvido na Universidade Feevale , em Novo Hamburgo . Em parceria com a empresa gaúcha Agrovec , o grupo de pesquisa Energias Renováveis e Eficiência Energética, vinculado ao Programa de Pós-graduação em Tecnologia de Materiais e Processos Industriais, realiza a pesquisa Desenvolvimento de um veículo elétrico híbrido – solar e biomassa . Coordenado pelo pesquisador Moisés de Mattos Dias , o estudo visa desenvolver uma carreta agrícola híbrida: o veículo, anteriormente movido a gasolina, passará a contar com um motor elétrico, um módulo solar flexível e um gerador a biocombustível.

Após ser fabricado na Agrovec – empresa localizada no bairro Canudos -, e passar por adaptações da estrutura mecânica para acoplamento do motor elétrico, o veículo passará por outras modificações, como a instalação de um módulo solar flexível no teto, bem como a instalação de um gerador a biocombustível (biometano e biodiesel). No Laboratório de Energias Renováveis, localizado no prédio Verde, e na Oficina Tecnológica, ambos no Câmpus II, em Novo Hamburgo, uma equipe multidisciplinar e formada por acadêmicos da Feevale , vem trabalhando no desenvolvimento do motor elétrico do veículo, bem como toda a sua parte elétrica-eletrônica, como o desenvolvimento de conversores e inversores, carregadores de baterias, e um controle a partir de microprocessadores. A ideia é que, em maio, essa etapa seja concluída e o carro possa retornar à Agrovec para as montagens finais.

Baterias que podem ser alimentadas de três formas

O motor padrão, movido a gasolina, está sendo substituído por um Motor Elétrico Síncrono de 9kW . O motor elétrico será alimentado por um conjunto de baterias, que poderão ser carregadas a partir das seguintes formas:

O gerenciamento das baterias, assim como o controle do fornecimento de energia para o motor elétrico é realizado por microprocessadores e meios eletrônicos concebidos dentro dos laboratórios da Engenharia Eletrônica, no Câmpus II da Feevale. Outra contribuição interdisciplinar ao projeto se deu por meio da professora Patrice Monteiro de Aquim , que auxiliou na concepção de um revestimento de material reciclável para o banco.

Novo protótipo já está nos planos

A previsão é que a tecnologia possa ser aplicada comercialmente a partir de 2022. “Este protótipo ainda não poderá ser comercializado, pois servirá para estudo dos mais diversos, referentes ao desenvolvimento de veículos elétricos híbridos aplicados para a área agrícola”, explica Dias. Assim, existe a previsão do desenvolvimento de um segundo protótipo a partir de 2021 , sendo que, neste outro veículo, serão realizadas as modificações necessárias para o desenvolvimento de um protótipo definitivo, ou seja, comercial .

De acordo com o pró-reitor de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão da Feevale, João Sganderla Figueiredo , a pesquisa liderada pelo professor Dias transmite mais que descoberta acadêmica cientifica. “Ela é fonte inspiradora de transformação de um novo ciclo econômico que devemos pensar. Sustentar a dinâmica do capital, com responsabilidade socioambiental. Sobretudo, novamente, vale destacar que, quando o setor privado acredita e potencializa os projetos de pesquisa, os problemas e suas descobertas se tornam cada vez mais reais”, afirma.

O projeto tem parceria com a Agrovec Indústria de Equipamentos LTDA, JSA Engenharia LTDA e Universidade Luterana do Brasil (Ulbra).

Fonte: Drops Cotidiano

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger