Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2020. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Educação | 18 de junho de 2020
Universidades retomam atividades práticas presenciais
Copiar link
Universidades retomam atividades práticas presenciais

Com o plano de retomada gradual das atividades de ensino no Rio Grande do Sul, desde o início da semana, as atividades práticas essenciais à conclusão de cursos estão autorizadas. Algumas instituições de Ensino Superior já estão permitindo a volta de alunos às salas de aula e laboratórios de pesquisa. Mas o cenário, claro, é bem diferente do que se via antes da pandemia: a quantidade de estudantes é bem menor, os cuidados com higiene e distanciamento são redobrados, e procura-se não prejudicar aqueles que, por motivos de saúde, prefiram seguir em casa.

Cautela

A estimativa do governo estadual era de que 41 mil alunos retornassem. Mas as universidades têm sido cautelosas e algumas decidiram esperar dias ou semanas para retomar algumas atividades práticas essenciais.

Na Feevale, em Novo Hamburgo, 16 cursos estão com atividades presenciais, a maioria da área da saúde. Até sexta-feira, 227 alunos são esperados, comparecendo em dias, turnos e espaços diferentes.

A maioria das atividades são para alunos que estão concluindo a graduação neste e no próximo semestre, como previa o plano de retomada das aulas. Na manhã de ontem, havia movimentação no Centro Integrado de Especialidades em Saúde (CIES): cerca de 25 alunos dos cursos de Medicina, Nutrição, Biomedicina, Farmácia, Quiropraxia e Fisioterapia tiveram lições práticas durante atendimento prestado à comunidade. Essa tarefa é importante para a formação deles na área e fundamental em um cenário que tanto exige dos profissionais de saúde. Todos usavam máscaras, muitos estavam de luvas, e os cuidados com higiene e os protocolos sanitários são reforçados entre docentes, profissionais, estudantes e pacientes.

Na noite de ontem, o Prédio de Laboratórios da Unisinos voltou a receber alunos de Nutrição para a realização de análises. Apenas quatro alunas – entre elas três formandas -, um laboratorista e a professora estavam presentes. A maioria das aulas segue sendo oferecida em ambiente virtual.

O diretor de Operações e Serviços da Unisinos, Cristiano Richter, ressalta que a preocupação maior é com a saúde de todos. Ele afirma que, atualmente, somente estão autorizadas as atividades e operações essenciais e emergenciais nos campi.

Por meio de uma portaria publicada no Diário Oficial da União desta quinta, o Ministério da Educação (MEC) ampliou a autorização de aulas a distância em instituições federais de Ensino Superior até 31 de dezembro de 2020. O documento também flexibiliza os estágios e as práticas em laboratório, que podem ser feitos a distância nesse período, exceto nos cursos da área de saúde.

Ainda segundo a portaria, instituições terão autonomia para definir o currículo de substituição das aulas presenciais, a disponibilização de recursos a estudantes para que eles possam acompanhar as aulas, e a realização de atividades durante o período.

Fonte: Zero Hora

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger