Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2021. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Educação | 18 de dezembro de 2020
Entidades educacionais e políticos comemoram aprovação do Fundeb
Copiar link
Entidades educacionais e políticos comemoram aprovação do Fundeb

A aprovação da regulamentação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) com destinação dos recursos exclusivamente para escolas públicas é motivo de comemoração por atores da educação e políticos.

Nesta quinta feira (17/12), a Câmara aprovou texto do Senado que retirou emendas que destinavam recursos do Fundeb para instituições de fora da rede pública de ensino, como o Sistema S e escolas ligadas a redes comunitárias, confessionais e filantrópicas, bem como o pagamento de empregados terceirizados dessas instituições.

Por meio de nota, a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) afirmou que a aprovação do texto com os vetos do Senado Federal foi fruto de muita pressão das entidades educacionais e de parlamentares que defendem a educação pública. Estamos dando mais um grande e importante passo para garantir o futuro da educação brasileira, destaca.

Com os grandes desafios que se acumularam ao longo deste ano, com a pandemia da covid-19 e os que ainda virão em 2021, além das urgências de trazer mais qualidade para a educação fundamental, é preciso avançar. Fechamos o dia com a certeza de que mais uma etapa foi conquistada, observa.

No Twitter da entidade estudantil, a presidente da Ubes, Rozana Barroso, ressaltou que a aprovação do texto é uma vitória dos estudantes e de todo o povo brasileiro. Mas lembra que ainda falta uma etapa para a concretização: Agora, precisa ser sancionado pelo presidente da República e nós precisamos, então, ficar com os olhos atentos.

O presidente da União Nacional dos Estudante (UNE), Iago Montalvão, afirmou que a mobilização foi fundamental e que mais uma vez a educação mostrou sua força. Já o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Heleno Araújo, comemorou o resultado e convidou os seguidores (do twitter) para uma mobilização pela sanção sem vetos.

A organização sem fins lucrativos Todos Pela Educação classificou a aprovação do texto que regulamenta o Fundeb como uma grande conquista para a educação.

Crédito: Correio Braziliense.

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger