Nossos serviços
Entre em contato

Capitais e região metropolitana:
4007.2302

Demais cidades:
0800.002.2302

Whatsapp:
4007.2302


Av. Júlio de Castilhos, 44 - Térreo
Porto Alegre - RS - CEP 90030-130 | Como chegar

COPYRIGHT © 2021. Conheça nossa Política de Privacidade.

brivia

Educação | 21 de janeiro de 2021
Tecnologia pernambucana identifica lacunas educacionais
Copiar link
Tecnologia pernambucana identifica lacunas educacionais

A pandemia de Covid-19 forçou a população a se distanciar e evitar aglomerações, o que teve impacto direto na educação em todo o mundo. No processo de retomada do ensino, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e o Conselho Nacional de Educação (CNE) recomendam a realização de uma avaliação para diagnosticar as lacunas de aprendizado dos estudantes e guiar o ensino ao longo de 2021.

Com o objetivo de auxiliar esse processo, a Mundo Educacional Editora, em parceria com grupo de pesquisa do Centro de Informática (CIn) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), criaram uma solução tecnológica para avaliação da aprendizagem. A ideia é que a avaliação seja aplicada na casa do estudante, individualmente, para evitar aglomerações e a transmissão da Covid-19.

Com as respostas dos estudantes, cada um dos municípios receberá relatórios personalizados sobre a situação educacional na rede de ensino, identificando defasagens na aprendizagem e os pontos de melhoria em cada segmento.

“As desigualdades na aprendizagem dos estudantes vêm sendo mostradas em vários estudos no Brasil. Na pandemia, houve um aprofundamento dessas assimetrias. Identificar as defasagens que ficaram de 2020 é fundamental para planejar 2021. Para isso, é preciso avaliar o nível no qual se encontra cada estudante, ou seja, entender o que ele sabe do ano anterior para que se possa recuperar o desenvolvimento dessas habilidades”, explica o consultor em gestão de projetos da Mundo Educacional e especialista em psicopedagogia institucional, Rubenildo Moura.

Para Michely Almeida, consultora pedagógica da Mundo Educacional e mestra em educação pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), “é de suma importância” que os municípios acompanhem as aprendizagens dos seus estudantes. “O momento agora é de avaliar qual foi o prejuízo que a pandemia implicou na vida dos estudantes, fazendo uma diagnose e, a partir dela, direcionar, orientar e planejar o que precisa ser ensinado no ano de 2021”, disse ela.

FONTE: Leia Já – Recife – PE

Quero receber conteúdos voltados para:

Entre em contato através do WhatsApp

Entre em contato através do Messenger